Grão-Ducado de Tagaste

O Grão-Ducado de Tagaste é uma micronação, cujo território está localizado próximo às Ilhas Canárias e Cabo Verde. É uma monarquia constitucional sob o Grão-Duque Leonardo I

INDEPENDÊNCIA! Tagaste rompe vínculos com Agostiniano São José! Estrangeiros passam a ser aceitos!

INTERCÂBIOS! O Programa de Modernização Tagastina ainda está de pé! Por enquanto, os intercâmbios serão para a Itália, e em breve, para a França. Interessados, favor falar com o Grão-Duque.

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Novo Manifesto Comunista

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Novo Manifesto Comunista em Seg Ago 10, 2015 10:48 pm

Posicionamento Político: EEK (Extrema Esquerda Kimilsunista)

Sigla Oficial: PCT (Partido Comunista Tagastino)

Fundador: Yan M. Guerra, latifundiário de Outeiro

- O Manifesto: É defendido pelo Partido que o objetivo da revolução deve ser as massas e não qualquer poder externo, o que implica que a nação tenha confiança em si mesma como autarquia. O ideólogo do Juche foi, essencialmente, Kim Il-sung, inspiração por essência. Segundo os ideais do Fundador, a Ideia Juche não é apenas o marxismo-leninismo adaptado à realidade tagastina, mas sim uma nova ideologia, superior ao próprio marxismo. Do ponto de vista econômico, o Juche defende a autossuficiência industrial e de serviços, para preservar a dignidade e a soberania da nação. A economia concentra-se no desenvolvimento da indústria pesada, defesa nacional e agricultura. Pretende-se que o Grão-Ducado de Tagaste seja autossuficiente a todos os níveis. Dessa forma, só será alcançado o pleno exercício ideológico com a centralização autoritária do poder às mãos do Defensor Perpétuo e ao Partido Comunista, que no caso formulará as propostas rumando o avanço do kimilsunismo no território nacional e a satisfação popular, nosso maior objetivo. Os principais diferenciais em relação ao marxismo-leninismo se caracterizam pela:

• Defesa da independência econômica e política com relação a países estrangeiros.

• Coletivização da agricultura e da indústria.

• Culto da personalidade.

• Songun: o aspecto militar é o mais importante da política.

• Forte voluntarismo: as massas são consideradas donas do mundo.

• Nacionalismo

• Respeito e defesa da cultura tradicional.

Ass: Yan Guerra

"A Revolução Proletária pertence às massas, o homem é o guia da revolução e as massas populares são donas do mundo e de seu próprio destino."


Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum